DEPOIS DO DESAPARECIMENTO A TRAGÉDIA.

A Policia Rodoviária Federal, foi acionada para registrar um acidente em que um homem foi encontrado com vida depois de mais de 30 horas de ter sofrido o acidente, sendo que sua passageira teve morte instantânea.

De acordo com familiares, José Carlos Rodrigues da Silva, 29 anos, estava em uma festa de Santos Reis, no sábado, dia 15 de fevereiro, “dia de seu aniversario,” no Assentamento Nova Santo Inácio, nas proximidades de Campo Florido, em companhia de sua esposa Ana Aparecida Pereira da Silva, 42 anos. Por volta de 01h30min da madrugada de domingo (16), o casal foi embora da festa, seguindo pela BR-262 do sentido BR 153/Campo Florido, mas, ao passar pelo km 880, a aproximadamente 02 km da cidade de Campo Florido, Carlinhos perdeu o controle da direção do veículo, que saiu da pista, capotou e caiu em uma ribanceira de, aproximadamente, 60 metros. Apos o acidente, as vítimas ficaram no local. Familiares e amigos procuraram durante todo o domingo e até fizeram uma ocorrência de desaparecimento do casal. Na manhã de segunda-feira, (17), a irmã de Ana, Sidneia e o cunhado José Buzzuti, os procuravam pela BR-262 e viram marcas de pneus que saíam da pista. Seguiram o rastro, descendo a ribanceira, e avistaram Carlinhos, que estava fora do carro, ferido, trajando somente cuecas. As testemunhas ainda constataram que Ana, estava no carro, presa às ferragens, já sem vida. Acionaram 192 e ambulância da cidade de Campo Florido foi até o local do acidente e os enfermeiros e médicos constataram que Carlinhos, sofreu hemorragia interna, escoriações generalizadas, fratura na costela esquerda, lesão mínima no fígado, perca de dentes e contusão no tórax.  Ana teve poli traumatismo craniano e morreu na hora do acidente. Carlinhos foi socorrido e encaminhado em estado grave para o pronto-socorro do Hospital de clinicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro. (UFTM). Carlinhos e Ana viviam juntos há 13 anos e no ano de 2012 se casaram. O casal não tem filhos juntos, mais ela tinha 04 filhos sendo o mais velho Wesley Henrique, depois Jonathan Aparecido, Jeferson e a caçula Josiane, de outro casamento. Eles que, vieram para o Assentamento Ranchinho há 08 meses, onde seus pais são assentados, antes moravam no Assentamento Cachoeirinha, no município de Prata/MG, onde possuem um lote, por necessidade familiar vieram para ajudar, e deixou lá os filhos cuidando da propriedade. O perito criminal Amarildo Donizete Giacometo, da perícia técnica da Polícia Civil, foi até o local e realizou os trabalhos técnicos, e com a ajuda de voluntários subiram a ribanceira. Posteriormente, o corpo de Ana, foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) em Uberaba e, liberado para seus familiares por volta das 19hs00min. Seu corpo foi velado no Velório Municipal de Campo Florido e o sepultamento aconteceu por volta da meia noite, no Cemitério local.

 

Observação: Apesar de tudo o estado de saúde de Carlinhos é estável, até o momento, segundo boletim medico. Nós vamos mantendo todos informados.